Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Participe de trilha ecológica na Unilab, em Redenção/CE

Data de publicação  11/07/2022, 16:19
Saltar para o conteúdo da postagem

A Trilha Ecológica dos Polinizadores está localizada na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), por trás do Campus das Auroras, em Redenção/CE.

Atualmente, existem duas trilhas abertas, uma delas mais íngreme, que apresenta maior dificuldade e dá acesso a um mirante sobre a rocha – o Mirante da Rainha -; e a outra, em formato de C e linear, que dá acesso a um perfil de solo já descrito e classificado em parceria com colegas da Funceme/CE. Esta última é adequada a todas as idades e apresenta grau de dificuldade fácil a regular. Durante a caminhada, são comentados aspectos de educação ambiental, geologia e formação de solos da região, além da importância das espécies locais para a produção de mel pelas abelhas nativas. A caminhada tem duração aproximada de 40 minutos a uma hora, onde são percorridos cerca de 1 km no interior da mata.

A trilha foi uma iniciativa do projeto de extensão “Trilha ecológica dos polinizadores da Unilab: abelhas nativas como ferramenta de educação ambiental no semiárido”, coordenado pelo professor Marcelo Cavalcante, do Instituto de Desenvolvimento Rural (IDR/Unilab), vigente entre os anos de 2019 e 2020, integrado agora ao projeto de extensão “Criação e manejo sustentável de abelhas indígenas sem ferrão nos povos indígenas do estado do Ceará”.

Após a pandemia, o projeto se fortaleceu com a inserção do Projeto Solo Vivo, também cadastrado na Pró-Reitoria de Extensão, Arte e Cultura (Proex) e coordenado pela docente Susana Blum. No projeto Solo Vivo, têm sido realizadas trilhas guiadas em parceria com escolas e secretarias municipais no entorno da Unilab.

Como participar?

Para o agendamento de visitas, entre em contato pelo instagram @projetosolovivo e @polinizadores_unilab. Também é possível fazer a visita sem guias, tomando os cuidados e seguindo as recomendações necessárias:

– Usar calça comprida e sapato fechado, pois há animais que habitam a região, como insetos e cobras, além da presença de pedras soltas.
– Não se distanciar do grupo.
– Recolher o seu lixo.

Categorias
Palavra-chave