Residência Agrária – Especialização em Sistemas Agrícolas Sustentáveis do Semiárido


1.  Apresentação

A Residência Agrária – Curso de Especialização em Sistemas Agrícolas Sustentáveis do Semiárido constitui-se em uma proposta inovadora na UNILAB, importante para a expansão do Instituto de Desenvolvimento Rural (IDR), que visa a promover a qualificação dos estudantes, contribuindo para a busca de soluções criativas e transformadoras que dialoguem com as necessidades dos agricultores e empresas no que se refere à assistência técnica especializada, para atuar no desenvolvimento e aprimoramento da agropecuária do semiárido. A referida Residência Agrária justifica-se com a aprovação do projeto “Inserção Profissional de Jovens Agrônomo(a)s na Agropecuária do Semiárido Brasileiro”, no Edital de Chamamento Público nº 01/2020 – Programa de Residência Profissional Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), com orçamento próprio.

Nesse contexto, este curso possibilitará a formação de jovens profissionais, preparando-os para o exercício profissional, mediante a associação entre teoria e prática, desenvolvendo nos residentes o senso ético, as competências e habilidades necessárias para a atuação nas áreas de ciências agrárias e afins, buscando facilitar a inserção desses profissionais no mercado de trabalho, com vistas a contribuir para o aprimoramento da agropecuária no Brasil, gerando impacto social, econômico e ambiental. Além disso, a Residência é de grande relevância para o semiárido, uma vez que irá contribuir para que os residentes possam vivenciar o cotidiano da produção agropecuária na região. Assim, trata-se de uma oferta de assistência técnica que irá também contribuir com soluções tecnológicas e científicas para o setor agropecuário regional.

Desse modo, o curso abrange distintas cadeias produtivas, importantes para o setor agropecuário cearense, que se complementam à medida que trazem temas comuns a mais de uma cadeia, como, por exemplo, a certificação de produtos orgânicos. Ainda, ressalta-se que esta Residência é fruto de debates que antecederam a sua elaboração e que construíram parcerias com empresas e instituições de relevância no setor agropecuário do estado, possibilitando o contato dos residentes com um ambiente profissional capaz de fortalecer os conhecimentos adquiridos na formação acadêmica. Outrossim, objetiva-se que o egresso desta Residência seja um profissional com conhecimento especializado em sistema agroflorestais, cadeia apícola orgânica, certificação orgânica de produtos agropecuários, fruticultura e horticultura no semiárido, assistência técnica em sistemas de produção orgânicos, e  que seja capaz de promover melhorias, aumentar a produção, possibilitar a inclusão de novas tecnologias, a qualificação e a inserção dos produtores nos mercados internos e externos, bem como nos sistemas de produção capazes de agregar valor às cadeias convencionais, por meio de tecnologias adaptadas às condições climáticas do semiárido.


2. Quem pode participar

Estudantes egressos do curso de agronomia da UNILAB que tenham colado grau há no máximo 24 meses ou graduandos que, não tendo colado grau, tenham integralizado toda a carga horária curricular.


3. Estratégia

O curso será ofertado em Redenção – CE, em parceria com as Unidades Residentes devidamente conveniadas com a UNILAB, em dois semestres letivos, na modalidade presencial, com duração de 12 meses, com carga horária total de 1980 horas, incluindo o Trabalho de Conclusão de Residência (TCR).

O curso será gratuito e com concessão de bolsa no valor de R$ 1.200,00 (mil e duzentos reais), cabendo ao aluno residente arcar com as despesas pessoais para deslocamentos necessários às Unidades Residentes.

Os gastos com alimentação e estadia durante as atividades ficarão por conta das Unidades Residentes, nos termos do Acordo de Cooperação Técnica firmado entre estas e a UNILAB.


4. Unidades residentes

Cáritas Brasileira Regional Ceará

A Cáritas Brasileira, fundada em 12 de novembro de 1956, é um organismo da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A Rede Cáritas, no Ceará, é composta pela Cáritas Arquidiocesana de Fortaleza e pela Cáritas Diocesana de Crateús, Crato, Iguatu, Itapipoca, Limoeiro do Norte, Sobral e Tianguá. Dentre as áreas de atuação, destacam-se a convivência com o semiárido, economia popular e solidária, mobilizações, controle social e conquista de políticas públicas, infância, adolescência e juventude, emergências e gestão de riscos. Além disso, trabalha em parceria com governos, organizações não-governamentais e organização de produtores. A Cáritas acompanha diretamente cerca de 10 mil famílias e indiretamente 50 mil pessoas, no estado do Ceará, sendo mulheres e homens do campo e da cidade, crianças, jovens, quilombolas, indígenas, agricultores, povos do semiárido e catadores de materiais recicláveis.

FJS Uchôa – ME

A empresa FJS Uchôa é originária de uma tradição local de produção de café, que cultiva, desde 1939, o café Uchoa e com o tempo vem aprimorando grãos e formas de beneficiamento, conferindo qualidade à marca. A empresa se modernizou e investe em tecnologia para aprimorar a qualidade do café com ênfase nos cuidados na colheita, secagem e demais etapas de beneficiamento apostando na qualidade do café, cultivando arábica, 100% orgânico. Atualmente a produção de café orgânico sombreado de qualidade está associada ao turismo rural possibilitando agregação de valor.

A Cooperativa Agroecológica da Agricultura Familiar do Caminho de Assis (Cooperfam Ceará)

A Cooperativa Agroecológica da Agricultura Familiar do Caminho de Assis (Cooperfam Ceará) surgiu em 2010 para desenvolver as condições de vida daqueles que vivem no campo cearense. O intuito inicial foi investir no cooperativismo. Com sede em Maranguape-CE, a Cooperfam oferece produtos e serviços ligados a hortifrutigranjeiros e polpas de frutas. A missão é desenvolver a agricultura da região através de soluções agroecológicas e ações solidárias, visando à melhoria da vida de seus cooperados e contribuindo para a segurança alimentar da população. A cooperativa tem parceria com a Companhia Nacional de Abastecimento – Conab, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará –Ematerce, a Organização das Cooperativas Brasileiras – OCB/SESCOOP/CE, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário – MDS, a Secretaria do Desenvolvimento Agrário do Estado do Ceará – SDA, a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário – Casa Civil/Governo Federal e a União das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária – Unicafes.

Fundação Cultural Educacional Popular em Defesa do Meio Ambiente (CEPEMA)

O Centro de Educação Popular em Defesa do Meio Ambiente – CEPEMA, foi criado em 1989, em Sobral – Ceará, com apoio da ONG sueca Framtidsjorden (Terra do Futuro). Em janeiro de 1990, o centro foi transformado na Fundação Cultural Educacional Popular em Defesa do Meio Ambiente, fazendo também parte da Rede Internacional Terra do Futuro. O CEPEMA trabalha com a divulgação das técnicas da agricultura orgânica, principalmente na realização de Cursos, Dias de Campo, Seminários e Assistência Técnica Rural e Florestal. O CEPEMA conta com uma vasta experiência em atividades e projetos que promovam a formação de jovens profissionais e agricultores.

Fazenda Coringa Hortifrutigranjeiros

A Fazenda Coringa é uma empresa privada que iniciou suas atividades em 20 de junho de 2017, no setor agroflorestal e implantação de SAF’s, dando assistência a quem precisar, mas principalmente aos agricultores rurais locais. A principal atividade é com cultivo orgânico, e organização e aberturas de SAF’s, com horticultura e fruticultura, além do manejo hídrico no semiárido cearense e também o manejo das podas. Desenvolve projetos e parcerias, com ênfase em sistema agroflorestal e gerenciamento dos sistemas de produção. Possui uma equipe com grande conhecimento na área, capaz de contribuir com a formação de jovens residentes, à medida que oferece oportunidade de atuação prática. Os gerentes têm um conhecimento vasto na área de sistemas agroflorestais que assumirão as responsabilidades de técnicos orientadores com o residente, conforme previsto no projeto e conduzirão, junto com o professor orientador, o plano de trabalho.

Centro de Estudos do Trabalho e de Assessoria ao Trabalhador (CETRA)

O CETRA é uma organização da sociedade civil que atua desde 1981 no setor
agropecuário, dando assessoria a propriedades rurais principalmente nas áreas de cultivo orgânico, organização de produtores, horticultura e fruticultura e manejo de recursos hídricos no semiárido cearense. Desenvolveu um amplo espectro de projetos e convênios com ênfase em distintos sistemas de produção. Possui equipe técnica e estrutura capaz de contribuir com a formação de jovens residentes, à medida que oferece oportunidade de atuação prática.


5. Coordenação

Jaqueline Sgarbi Santos – sgarbi.jaqueline@unilab.edu.br – Coordenadora

Marcelo Casimiro Cavalcante – marcelufc@yahoo.com.br – Vice coordenador


6. Equipe de professores e orientadores

Daniela Queiroz Zuliani – danielaqzuliani@unilab.edu.br

Fernanda Schneider – fernanda.schneider@unilab.edu.br

Jaqueline Sgarbi Santos – sgarbi.jaqueline@unilab.edu.br

Lucas Nunes da Luz – lucasluz@unilab.edu.br

Marcelo Casimiro Cavalcante – marcelufc@yahoo.com.br

Maria Ivanilda de Aguiar – ivanilda@unilab.edu.br

Susana Churka Blum
– scblum@unilab.edu.br


7. Contatos:

E-mail: residencia.agraria@unilab.edu.br

Telefone: (85) 3332-6176


Processo Seletivo

Edital Nº 01/2021 – Processo de inscrição, seleção e matrícula, para o curso de Residência Agrária – Especialização em Sistemas Agrícolas Sustentáveis do Semiárido na modalidade presencial.

Formulário de Inscrição

Aditivo I ao Edital Nº 01/2021

Aditivo II ao Edital Nº 01/2021

Aditivo III ao Edital Nº 01/2021.