Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Estudantes da Unilab lançam curta-metragem na Quarta Cultural desta semana

Data de publicação  07/04/2014, 16:39
Postagem Atualizada há 8 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

A Quarta Cultural Maciço de Arte desta semana tem lançamento do curta-metragem “A Qualquer Hora”, nesta quarta-feira (09), às 18h. O filme foi produzido de forma experimental por estudantes da Unilab, integrantes do grupo Coletivo Ruptura, em parceria com o Coletivo Entre Olhos de Fortaleza, composto por estudantes da Universidade Federal do Ceará (UFC), Instituto Federal do Ceará (IFCE) e Unilab.

10149917_607016036057061_710099418_n

O Coletivo Ruptura promove ações de arte, cultura e cidadania na cidade de Redenção/CE e, atualmente, realiza um programa na Rádio Rosal da Liberdade, sintonia FM 103.1, toda quarta-feira, das 16h às 18h. Além disso, os estudantes que fazem parte do grupo iniciam, neste mês de abril, o “Cine Poesia”, uma atividade em parceria com a Prefeitura Municipal de Redenção, através da Secretaria de Cultura do Município. Nesta ação serão exibidos filmes e em seguida haverá recital de poesia. O “Cine Poesia” vai acontecer no espaço da Rádio Rosal, as cada 15 dias.

O grupo tem o objetivo de promover discussões e debates de temas sociais. Sua formação iniciou a partir da identificação da necessidade de um grupo de jovens que levantasse pautas inerentes às problemáticas do cotidiano, e através do programa de rádio os debates ganharam espaços na comunidade. O coletivo tem como membros locutores os discentes Francisco Rangel, Erick de Sousa e Pedro Iago.

Para Pedro Iago, “é com muito prazer que fazemos esse trabalho, e o espaço na Rádio nos proporciona disseminar nossos pensamentos, além de estimular a discussão da arte e da cultura. Os projetos de extensão da universidade são os principais pontos que iniciamos os debates”.

Programação:

1º) Diálogo sobre as propostas do Coletivo Ruptura: ideias e como surgiu o movimento;
2º) Lançamento do “Cine Poesia”;
3º) Exibição do Curta-metragem “A Qualquer Hora”;
4º) Diálogo sobre a criação do curta-metragem ”A qualquer Hora”;
5º) Debate do documentário “Estamira” (2005) do cineasta Marcos Prado;
6º) Declamações de poesias.

Sinospe do Curta-metragem “A Qualquer Hora”:

Dois jovens discutem no banco de praça sobre a efemeridade da vida. De repente notam a presença de um estranho aparentemente conturbado. Oferecem ajuda e inevitavelmente são atraídos pelo seu envolvimento emocional e caem em uma cilada.
Duração: 17″11′
Ano: 2014

Sinospse do filme Estamira:

Estamira conta a história de uma mulher de 63 anos que sofre de distúrbios mentais e trabalha há mais de vinte anos no aterro sanitário do Jardim Gramacho, um local renegado pela sociedade, que recebe diariamente mais de oito mil toneladas de lixo produzido no Rio de Janeiro. Com um discurso eloqüente, filosófico e poético, a personagem central do documentário levanta de forma íntima questões de interesse global, como o destino do lixo produzido pelos habitantes de uma metrópole e os subterfúgios que a mente humana encontra para superar uma realidade insuportável de ser vivida.

estamira

 

Categorias