Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Unilab recebe avaliadores para reconhecimento do curso de Agronomia

Data de publicação  15/04/2014, 10:47
Postagem Atualizada há 7 anos
Saltar para o conteúdo da postagem
Visita à Fazenda Experimental da Unilab.

Visita à Fazenda Experimental da Unilab.

Nestes dias 14 e 15 de abril, a comissão de avaliação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), formada pelos professores Roberto Wagner Cavalcanti Raposo (UFPB) e Ademir Sérgio Ferreira de Araújo (UFPI), está na Unilab para realizar o processo de avaliação e reconhecimento do curso de Agronomia. Este procedimento ocorre entre 50% e 75% da integralização do curso e é condicionante para emissão dos diplomas de conclusão do curso.

Na manhã deste dia 14, os professores foram recebidos pelo vice-reitor da Unilab, Fernando Afonso Ferreira, pela pró-reitora de graduação, Andrea Linard, pelo diretor do Instituto de Desenvolvimento Sustentável, Rodrigo Aleixo, pelo coordenador do curso de Agronomia, Ciro de Miranda, e pela diretora de Regulação, Indicadores Educacionais e Avaliação, Socorro Maia.

Vice-reitor, Fernando Afonso, apresentou a estrutura do Campus das Auroras.

Vice-reitor, Fernando Afonso, apresentou a estrutura do Campus das Auroras.

O vice-reitor da Unilab, Fernando Afonso, destacou a relevância desta etapa para o processo de consolidação da universidade. “A primeira avaliação é importante pela experiência que vamos criando e também porque será uma resposta ao nosso trabalho e os caminhos que estamos trilhando. A partir daí, se necessário, corrigiremos os nossos erros”, afirmou.

Andrea Linard, pró-reitora de Graduação.

Andrea Linard, pró-reitora de Graduação.

A pró-reitora de Graduação, Andrea Linard, que fez a apresentação sobre o funcionamento e as instalações da universidade, ressaltou as contribuições do processo de avaliação realizado pelo Inep para a Unilab. “O momento da visita de avaliação ‘in loco’ do tipo reconhecimento de curso para a universidade se reveste de importância singular, pois nos permite refletir sobre o processo de implantação dos cursos de graduação, além de possibilitar um olhar externo a respeito de como concebemos as dimensões corpo docente, projeto pedagógico e infraestrutura”.

Rodrigo Aleixo, diretor do Instituto de Desenvolvimento Rural.

Rodrigo Aleixo, diretor do Instituto de Desenvolvimento Rural.

Em seguida, os visitantes conheceram a Fazenda Experimental da Unilab, localizada na comunidade de Piroás, e conversaram sobre o funcionamento do curso de Agronomia, com destaque para as práticas agrícolas, atividades que os estudantes têm durante os todos os trimestres no decorrer da Graduação. O diretor do Instituto de Desenvolvimento Sustentável, Rodrigo Aleixo, apontou dois aspectos importantes dessa avaliação. “A primeira é a avaliação formal do MEC que valida o curso para emissão de diplomas e que pode aumentar a procura no processo seletivo de novos estudantes e o segundo aspecto é o reconhecimento público da pertinência do nosso curso, que prioriza o aluno a aprender primeiro na prática e depois ir para a teoria. O aluno aprende a partir da realidade do agricultor”, explicou.

Ciro de Miranda, coordenador do curso de Agronomia.

Ciro de Miranda, coordenador do curso de Agronomia.

O coordenador do curso, Ciro de Miranda, falou sobre expectativas em relação ao resultado da avaliação. “Fizemos um trabalho de equipe para receber os avaliadores e providenciar todos os documentos solicitados. Nós esperamos uma boa avaliação em função do atendimento de todas as exigências. Espero que, a partir desse resultado, mais alunos se sintam estimulados a estudarem na Unilab”, comentou.

Avaliador do Inep, Roberto Wagner Cavalcanti Raposo.

Avaliador do Inep, Roberto Wagner Cavalcanti Raposo.

O avaliador Roberto Wagner Cavalcanti Raposo comentou sobre as impressões iniciais sobre a visita. “Essa é a primeira vez que eu avalio uma universidade que oferece vagas direcionadas para estrangeiros. É uma experiência nova para mim e está sendo uma grata surpresa. A Região do Maciço de Baturité tem grande potencial, principalmente para a agricultura e para a zootecnia”, apontou.

No período da tarde desta segunda-feira (14), os avaliadores conheceram as instalações do Campus da Liberdade, onde funciona o curso de Agronomia, e se reuniram com diferentes grupos da comunidade acadêmica como: com o Núcleo Docente Estruturante do Curso (NDE), com estudantes, com professores e com Comissão Própria de Avaliação (CPA).

Na manhã desta terça-feira (15), a equipe vai analisar os documentos institucionais e específicos do curso, tendo como referência o instrumento de avaliação de curso. Após esse momento, a comissão fará o registro de dados quantitativos e qualitativos no Sistema e-MEC, em que será gerada uma nota de reconhecimento do curso, cujo valor atribuído será de 01 a 05.

Próximas avaliações

Nestes meses de abril e maio, também será realizado o processo de avaliação para o reconhecimento de outros cursos da Unilab, como Letras – Língua Portuguesa (de 23 a 26 de abril), Administração Pública (de 04 a 07 de maio) e Enfermagem (de 11 a 14 de maio).

Matéria relacionada: 

Unilab recebe primeira comissão de avaliação de reconhecimento de curso

Categorias