Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Programação da Quarta Cultural terá exibição de documentário “Lixo Extraordinário”

Data de publicação  02/06/2014, 12:02
Postagem Atualizada há 7 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

cinema-01-0

O Projeto de Extensão Quarta Cultural Maciço de Arte, promovido pela Pró-Reitoria de Extensão Arte e Cultura, exibirá o documentário “Lixo Extraordinário”, do artista plástico Vik Muniz. A programação, que tem como referência a Semana Nacional do Meio Ambiente, ocorrerá neste dia 04 de junho, nos horários de 15h e de 18h, no Anfiteatro do Campus da Liberdade, em Redenção.

Sinopse do filme

foto2

Filmado ao longo de dois anos (agosto de 2007 a maio de 2009), Lixo Extraordinário acompanha o trabalho do artista plástico Vik Muniz em um dos maiores aterros sanitários do mundo: o Jardim Gramacho, na periferia do Rio de Janeiro. Lá, ele fotografa um grupo de catadores de materiais recicláveis, com o objetivo inicial de retratá-los. No entanto, o trabalho com esses personagens revela a dignidade e o desespero que enfrentam quando sugeridos a reimaginar suas vidas fora daquele ambiente. A equipe tem acesso a todo o processo e, no final, revela o poder transformador da arte e da alquimia do espírito humano.

Sobre Vik Muniz

Artista Vik Muniz

Artista Vik Muniz

O artista nasceu no centro de São Paulo, em 1961. Filho único de um garçom e uma telefonista, passou parte de sua infância morando na periferia da cidade. Trabalhou em vários empregos, entre eles uma agencia de anúncios que despertou nele o poder de persuasão e a possibilidade de manipulação. Vik morou dois anos em Chicago com os familiares e em 1986 mudou-se para Nova York, lugar onde acabou naturalizando-se norte – americano. Em 1989 realizou a sua primeira mostra, onde expôs esculturas denominadas Relíquias – Objets Trouvés fabricados ou falsas descobertas arqueológicas, como a Máquina de Café Pré- colombiana. Os trabalhos do artista já evidenciavam a sua arte bem humorada que marca sua trajetória.

Categorias