Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Quarta Cultural Maciço de Arte comemora independência de Moçambique

Data de publicação  26/06/2014, 15:54
Postagem Atualizada há 7 anos
Saltar para o conteúdo da postagem
2

Susana Sengo (estudante de Moçambique); Vanéssia Gomes (articuladora de arte e cultura); Ana Lúcia Souza (pró-reitora); Luis Tomás (prof.); e Carlos Subuhana (prof.)

Iniciado com o hino nacional de Moçambique, a programação realizada pelos estudantes em comemoração ao Dia da Independência do país proporcionou integração e alegria, além de expor a cultura de Moçambique. O evento aconteceu na última quarta-feira (25) no pátio administrativo do Campus da Liberdade.

1

Estudantes moçambicanos, Shakil Ribeiro e Fausta Joaquim

De forma irreverente, os estudantes moçambicanos do curso de Engenharia de Energia, Shakil Ribeiro e Fausta Joaquim, conduziram as apresentações que destacaram as principais características culturais, políticas e artísticas de Moçambique. Na abertura, a pró reitora de extensão, arte e cultura, Ana Lúcia Souza, afirmou que “essa é uma data importante e uma alegria para todos, não só para os moçambicanos”. Na composição da mesa, esteve presente também a estudante Susana Sengo, recém chegada na universidade, representando a comunidade dos discentes.

17

Estudante da Unilab, Sura Subuhana

A programação teve continuidade com o prof. Carlos Subuhana em que explanou sobre a história de Moçambique, destacando pontos da economia, política e geografia. Na oportunidade, o professor parabenizou os estudantes pela iniciativa. Na sequência, o prof. Luís Tomás Domingos fez um breve relato sobre o contexto histórico da independência, ressaltando “que muitos morreram para a liberdade de todos”. No momento de sua fala, o professor promoveu exaltação a todos os países que compõe a Unilab, assim como contra o racismo e contra a discriminação.

3

Joel Napita – Canto de “Saudades de casa”

6

Dança das mulheres – Tema: Tufu (representa uma dança de renovação)

A comemoração continuou com atividades musicais, declamação de poesia, danças, exibição de vídeo e desfile cultural, em homenagem aos países que falam a Língua Portuguesa, em especial, a cultura africana. Durante o evento, foi servido um bolinho típico de Moçambique, o gulano, degustado por todos os presentes.

4

Estudantes servindo gulano (bolinho típico)

Essa ação fez parte da Quarta Cultural Maciço de Arte, da Pró-reitoria de Extensão, Arte e Cultura (Proex).

Veja abaixo algumas imagens do desfile intercultural, representando costumes e trajes dos países que integram a Unilab:

7 8 9 10 11 12 13 14 15 16

Categorias