Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

I Simpósio “O rural em questão: território, distinções, articulações” inicia neste dia 08, às 10h

Data de publicação  05/12/2014, 11:06
Postagem Atualizada há 7 anos
Saltar para o conteúdo da postagem

RURAL

Os grupos de pesquisa “Cultura, Desenvolvimento e Cooperação Internacional” e “África contemporânea nas relações globais: política, cultura e educação” apresentam o I Simpósio “O rural em questão: território, distinções, articulações”. O evento, promovido por meio da proposta interdisciplinar da Unilab que reúne professores de Antropologia, História, Sociologia e Agronomia, ocorre entre os dias 8 e 11 de dezembro, como parte das atividades oferecidas no Trimestre da Integração Acadêmico Cultural (TIAC).

A mesa de abertura será no dia 08 de dezembro, às 10h, no Anfiteatro do Campus da Liberdade, em Redenção, com o tema “O rural em questão: olhares possíveis”, ministrada pelo diretor do Instituto de Desenvolvimento Rural da Unilab Rodrigo Aleixo. No mesmo dia, às 14h, será realizada a palestra “O campo e a etnia: representações do rural na África”, com a presença dos professores Carla Susana Além Abrantes e Fábio Baqueiro Figueiredo.

A programação continua nos dias 09, 10 e 11, com atividades às 10h e às 14h, no Anfiteatro do Campus da Liberdade, em Redenção. Andrea Moraes (UFRJ), Alain Pascal Kaly (UFFRJ) e Marcelo Rosa (UnB) são os professores convidados para proferir palestras e ministrar oficinas para alunos da graduação e pós-graduação da Unilab e para professores da educação básica da região do Maciço de Baturité (confira na programação completa abaixo).

O Simpósio tem como objetivo estruturar um conjunto de atividades a serem desenvolvidas na região do interior do nordeste, buscando se tornar um ponto de partida para o estímulo da expansão da pesquisa e da divulgação de estudos sobre o mundo rural. Este evento pretende criar condições para oferecer atividades de pesquisa, ensino e extensão sobre as questões africanas voltadas para o contexto rural, não só para alunos de graduação e pós-graduação, mas também atender as constantes solicitações por fóruns sobre estudos africanos por parte dos professores de ensino médio e fundamental do Ceará e região vizinha.

Programação:

para assecom (1)

Categorias