Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Cinemas do Atlântico Sul conduz “Experiências Partilhadas” sobre pesquisa e produção em audiovisual e artes nessa terça (27)

Vários projetos envolvidos na ação. Link de acesso será recebido após preenchimento e envio de formulário.

Data de publicação  26/07/2021, 16:25
Postagem Atualizada há 2 meses
Saltar para o conteúdo da postagem

O cineclube Cinemas do Atlântico Sul, projeto vinculado à Pró-Reitoria de Extensão, Arte e Cultura (Proex/Unilab), em parceria com o Núcleo de Pesquisa em Imagem, Som e Texto (Sensoria – Unilab/CNPq), o Núcleo de Documentação Cultural Ladeísse Silveira (Nudoc/Unilab) e Pedra Gigante, convida às/aos pesquisadoras/es da Unilab, bem como a todo público interessado, a comparecer à roda de conversa virtual “Experiências Partilhadas” para debater pesquisa e produção em audiovisual e artes. 

O encontro acontece a partir das 14h dessa terça-feira, 27 de julho, por meio da plataforma Google Meet. O link de acesso será enviado aos inscritos após preenchimento e envio do formulário eletrônico.

O encontro se constituirá, inicialmente, de uma troca de vivências dos/as pesquisadores/as e artistas componentes dos grupos organizadores, com tempo de fala de até 15 minutos para cada interessada/o. O público geral também será convidado a ocupar o lugar de fala mediante inscrição

Sobre o Cinemas do Atlântico Sul

É um projeto de extensão sob coordenação das professoras Daniele Ellery e Denise Costa (ambas vinculadas ao Instituto de Humanidades – IH/Unilab), tendo como bolsista o discente Guilherme Viana, graduando em Antropologia (CE), além da colaboração e curadoria dos filmes do professor e pesquisador Levy Freitas. O projeto tem se dedicado a, por meio do audiovisual, possibilitar um espaço de experiência formativa e dialógica com as comunidades internas e externas às instituições de ensino superior acerca das discussões interseccionais (raça, classe, gênero e nacionalidade), identitárias e culturais que permeiam a sociedade. Tem  como objetivo tornar possível a compreensão do cinema como um potente dispositivo didático-pedagógico,  a partir de um olhar contra-colonial e da reflexão de temas como relações étnico-raciais, gênero e sexualidade, corpo e semiótica, diversidade cultural. Mais informações podem ser consultadas no perfil do projeto no Instagram

Categorias
Palavras-chave