Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Curso de Enfermagem da Unilab participou do 17º Congresso Cearense de Enfermagem

Data de publicação  02/08/2021, 12:51
Postagem Atualizada há 2 meses
Saltar para o conteúdo da postagem

A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), que completou 11 anos, último dia 20 de julho, permanece divulgando a Ciência e a Pesquisa, através dos trabalhos desenvolvidos por seu excelente corpo  docente (sua maioria composta de doutores – 96,33%) e estudantes de graduação e pós-graduação – cursos presenciais e modalidade a distância – em todos os canais e espaços da pesquisa e experiências profissionais no Brasil e nos países parceiros que compõem a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Em destaque, o convite para apresentar as experiências exitosas das ações na pandemia sob a responsabilidade de Patrícia Freire de Vasconcelos, professora e ex-coordenadora do curso de bacharelado em Enfermagem, vinculado ao Instituto de Ciências da Saúde (ICS/Unilab) e líder do Grupo de Pesquisa e Extensão em Qualidade dos Serviços de Saúde (GPExQS), na última edição do Congresso Cearense de Enfermagem no Fórum Cearense de Educação em Enfermagem (17ª edição), promovido pela Associação Brasileira de Enfermagem do Ceará (ABEN-CE), durante a 82ª Semana Brasileira de Enfermagem.

O evento, ocorrido em maio, trouxe o tema: “O trabalho em Enfermagem no contexto de crise“, com dois eixos de abordagem: ‘Em defesa da sustentabilidade do SUS, da saúde e da vida em sua diversidade’ e ‘Em defesa do trabalho e da educação em Enfermagem: saúde, dignidade e valor’, defendidos pelos coordenadores dos cursos de graduação em Enfermagem da Unilab e da Universidade Regional do Cariri (URCA), escolhidos no Ceará para apresentarem suas experiências exitosas na pandemia na gestão acadêmica.

‘Em defesa do trabalho e da educação em Enfermagem: saúde, dignidade e valor’ foi a temática abordada pela então coordenadora do curso de Enfermagem da Unilab, há época (até julho de 2021), professora Patrícia Vasconcelos, que trouxe as experiências e ações perpassadas dos profissionais nas atividades desempenhadas cotidianamente.

Entre as autoridades presentes na ocasião da representação discente da Aben-CE: Cícero Mendes, coordenador de Ensino da ABEN-CE, Dr. Germane Pinto e a diretoria Nacional de Ensino da Aben-Nacional, Dra. Edlamar Kátia Adamy.

Outras informações no site do EVENTO.

Participação

Patrícia Vasconcelos, ex-coordenadora do curso de Enfermagem/Unilab, no contexto das ações de ensino-aprendizagem durante a Pandemia, reforçou que o Colegiado do Curso é contra ensino à distância, porém adaptações foram necessárias para minimizar o impacto negativo na formação dos alunos, que teve suas aulas presenciais suspensas em 16 de março de 2020, em reunião de Colegiado. Além de acrescentar que, na ocasião, foi apresentado o orçamento dos auxílios da Política Nacional de Assistência Estudantil (PNAES), destinado aos estudantes no ano de 2020, como também todas as ações realizadas durante a pandemia: A antecipação de colação de grau dos alunos da área de saúde pela portaria 374 de 3 de abril de 2020, que culminou na formatura de 70 alunos até 30 de Dezembro de 2020 e as medidas foram realizadas após 12 reuniões no mês de abril de 2020 com alunos, discentes, docentes e Colegiado mediante análise rigorosa do cenário epidemiológico e fornecimento de EPI in loco aos alunos que estavam no Internato em Enfermagem (Estágio obrigatório).

Ter o trabalho reconhecido pela Associação Brasileira de Enfermagem nos enche de orgulho e nos dá certeza que as ações realizadas foram assertivas. O Colegiado do Curso agiu de forma criteriosa e com análise constante do cenário epidemiológico. Participar deste evento, representando os docentes do nosso curso, tendo sido escolhidos dentre tantas graduações em enfermagem no estado do Ceará, nos motivar a buscar cada vez mais a excelência no trabalho que realizamos diuturnamente” – Patrícia Vasconcelos

Demais ações da Unilab

A Unilab também realizou novos convênios para estágios que foram implementados para minimizar o deslocamento dos alunos para outras regiões de saúde. Para isso, foi necessária a articulação com vários setores, dentre eles: Reitoria da Unilab e as pró-reitorias: Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), através da Coordenação de Registro e Controle Acadêmico (CRCA), Pró-Reitoria de Relações Institucionais e Internacionais (Prointer), Pró-Reitoria de Administração (Proad) e Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Estudantis (Propae). Um planejamento estratégico foi desenvolvido até o ano letivo 2021.2, para previsão de docentes para curso a fim de construir estratégias a longo prazo.

No contexto das aulas práticas, focalizou-se os estudos clínicos e a ‘Simulação de consultas e procedimentos’ com ênfase ao protagonismo dos alunos a partir de vídeos criados e amplamente divulgados em redes sociais e criação de ‘Comunidade de Prática.

Outro ponto apresentado pela então coordenadora Patrícia Vasconcelos, foi que o Colegiado também avaliou o semestre remoto por meio de formulário eletrônico para embasar as ações para ajustar e melhorar as atividades de ensino, que recentemente foi apresentado também ao Diretório Central Estudantil da Unilab (DCE-Unilab).

Quanto aos elogios às instituições de ensino superior cearenses, as ações realizadas foram bastante elogiadas pela Diretoria de Ensino da Aben Nacional, que ressaltou a importância das parcerias institucionais e com os discentes para alcançar bons resultados na formação e que, ações como as desenvolvidas pela Unilab e URCA, inspiram, mesmo diante das dificuldades, é possível ver estratégias. A Direção de Ensino da Aben – Ceará ressaltou a importância do acompanhamento pedagógico para estes momentos de crise.

Patrícia Vasconcelos, professora do ICS participando da III Feira do Conhecimento (#FdC3), em 2019.

Patrícia Freire de Vasconcelos – Enfermeira graduada pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Professora colaborador da Rede Nordeste em Formação em Saúde da Família (Renasf). Doutora em Cuidados Clínicos em Enfermagem e Saúde da Universidade Estadual do Ceará (Uece) com a temática Segurança do Paciente na Atenção Básica. Mestre em Farmacologia pela Faculdade de Medicina da UFC, na área de Neurofarmacologia e especialista em Saúde da Família.

Matéria relacionada: Participe do Projeto “Saúde em Cena: simulação realística como estratégia de ensino-aprendizagem e teatro para educação em saúde” e União, representatividade e interação marcam participação da Unilab na III Feira do Conhecimento.

Categorias