Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

“Eu prometo” foi a onda de vozes dos 163 concludentes na confirmação do sonho pela Unilab – Colação de Grau 2020.2

Outorga de grau à 163 discentes do Ceará e da Bahia

Data de publicação  27/09/2021, 08:50
Postagem Atualizada há 2 meses
Saltar para o conteúdo da postagem

A onda das vozes, na confirmação do juramento, com a fase “Eu Prometo” foi a expressão de felicidade marcante nas colações virtuais da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) na última semana. Nos dias 23 e 24 de setembro os representantes da Reitoria da Unilab concederam outorga de grau à 163 discentes do Ceará e da Bahia, relativas ao ano acadêmico 2020.2.

As cerimônias virtuais ocorreram em três momentos e contaram com a presença: No Ceará, dos representantes da Reitoria: professor Roque Albuquerque e a professora Cláudia Carioca, dos pró-reitores da Unilab, dos coordenadores de cursos, representante da Secretaria de Registro e Controle Acadêmico (SRCA), dos intérpretes de Libras da Unilab; Na Bahia, da diretora em exercício, Caterina Rea – e também coordenadora do curso de Bacharelado em Humanidades, além do coordenador em exercício do curso de Relações Internacionais, Magno Klein, do representante da Coordenação de Registros e Controle Acadêmico do Campus dos Malês, José Augusto de Sousa.

Ao longo da quinta-feira (23), foram realizadas duas cerimônias. No primeiro momento, pela manhã, a vice-reitora, Cláudia Carioca concedeu outorga à 131 discentes do Ceará, nos cursos de Bacharelado em: Administração Pública EAD, Agronomia, Enfermagem e Engenharia de Energias. No segundo momento, pela tarde, foram concedidas mais 66 outorga de títulos, referente aos cursos de Administração Pública presencial, Antropologia e Humanidades.

O momento mais marcante dos eventos que expressaram a felicidade da nova etapa da vida dos concludentes da Unilab, por unanimidade, foi a onda de vozes na confirmação do Juramento: “Eu prometo”.

A onda de vozes da confirmação do juramento…
“Eu prometo”

Para a professora Cláudia Carioca, nossa busca sempre será pelo reconhecimento, valorização e cuidado de todos os profissionais. “Algo extremamente importante para todos. Mas antes, temos que cumprir tudo aquilo que está no juramento, que todos nós fizemos: ‘Eu prometo”. Vocês se comprometem diretamente com o bem maior das pessoas, para que haja uma sociedade mais justa, tolerante e equilibrada“, declarou a vice-reitora, Cláudia.

A primeira leitura do juramento do dia ficou a cargo da concludente Neucilia Oliveira, do curso de bacharelado em Enfermagem, vinculado ao Instituto de Ciências da Saúde (ICS). Entre outros oradores e oradoras dos demais cursos, Raquel Rodrigues, uma das 05 concludentes do curso de Administração Pública (EAD), vinculada ao Instituto de Educação a Distância (IEAD), apresentou em sua oratória os exemplos de desafios, obstáculos e experiências entre os estudantes, mesmo durante a pandemia da Covid-19, que promoveram mudanças nas dinâmicas e nas ações que a Unilab teve que desenvolver. “… tivemos que nos readaptar para um modelo totalmente a distância. A Unilab também teve que se reinventar, reaprender, inovar. Juntos, alunos e Unilab, vencemos esse desafio”, destacou a nova administradora, Raquel.

No segundo momento, o concludente guineense Calido Baldé, do curso de bacharelado em Humanidades, vinculado ao Instituto de Humanidades da Unilab, foi o juramentista e orador da turma de Humanidades, que expressou não somente a euforia da conquista, mas a gratidão aos envolvidos.

… não gostaríamos de apenas dizer um obrigado, é muito simples, a gratidão que sentimos não poderia ser traduzida em apenas uma palavra. Em nome dos meus colegas vou dizer: Ondjarama, Abéne, Albarka, a todos e todas. Ondjarama a todos os professores e professoras que sempre souberam buscar melhores formas de nos ministrar os conteúdos e nos possibilitam a ter visão do mundo“, declarou Calido Baldé.

A vice-reitora Cláudia Carioca explicou que a “Unilab sempre vai estar junto com você”, através do serviço de acompanhamento dos egressos, observando onde estão e o que estão fazendo. Na esperança que possam levar o nome da Unilab e esta ser considerada algo de extrema positivada.

Vice-Reitora da Unilab, Claudia Carioca, centro inferior da tela.

Nesta sexta-feira (24), pela manhã, a cerimônia concedeu alegria e novas oportunidades à 32 discentes da Bahia, dos cursos de bacharelado em Humanidades e Relações Internacionais e contou com a participação do Reitor da Unilab, professor Roque Albuquerque, que abriu os trabalhos de colação de grau e realizou a outorga aos concludentes do Campus dos Malês, unidade instalada em São Francisco do Conde, na Bahia.

Após a abertura foi concedido espaço para o concludente e orador do curso de Humanidades, o guineense Iqui Djú, que proferiu a leitura do juramento com a confirmação da frase “Eu prometo” em sincronia com todos os participantes.

“Espero que possam honrar o vosso diploma e atuar profissionalmente com ética e sempre atentos a diversidade cultural e étnica da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), colocando-se como parceiros na construção da democracia, da garantia dos direitos e da superação das desigualdades”

Reitor Prof. Dr. Roque do Nascimento Albuquerque
Professor Roque Albuquerque, Reitor da Unilab, no centro da tela

No discurso do orador, Iqui Djú ressaltou a importância da Unilab como espaço diversificado e falou sobre a importância da educação, citando o Padre Antônio Vieira. “A educação é um moeda de ouro, em todo lugar tem valor e quem tem educação tem esse valor”. Ressaltou a importância da Unilab como espaço de integração e de respeito, onde “a Unilab respeita a integração, a diversidade, as crenças, o gênero e a identidade e a orientação sexual. Ela valoriza as nossas identidades e traz uma visão educativa e nos leva a dialogar com a nossa verdadeira identidade e contribuir nas mudanças da sociedade brasileira”, concluiu Iqui Djú.

Orador da turma do curso de Humanidades, Iqui Djú – guineense

Na complementação da cerimônia, o professor Roque Albuquerque saudou aos participantes da solenidade, parabenizou os estudantes e como eles levam orgulho para seus familiares: “Eles assustaram os nossos medos, por que quando a gente temia e achava que não ia conseguir a gente sempre imagina, reflete e projeta que alguém está lá e que conta pra gente”. O Reitor relatou a importância de ocupar, incentivar e ajudar pessoas próximas. assim “não deixe a cadeira ficar vazia, sempre ocupa e incentiva outros a ocuparem”, saudou os países parceiros, os pais e as pessoas que estavam por trás da história de cada concludente. 

Muitos ficaram acordados juntos, viraram noite juntos, e cada linha que vocês escreveram ou irão escrever tem um pouquinho do DNA de cada um deles, a estas pessoas que estavam por trás, aqueles que orquestraram e prepararam os palcos, situaram o Backgroung no fundo, para que pudesse projetar isso que são cada um de vocês, figuras imponentes que conseguirão realizar grandes sonhos”, finalizou o Reitor, Roque.

Siga nossos canais e confira os eventos, Facebook Unilab Oficial e Unilab Oficial no YouTube.

 
Unilab em Números

Segundo levantamento fornecido pela equipe da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd/Unilab), a Unilab concedeu grau, referente ao ano letivo de 2020, à 509 discentes dos campi do Ceará e 89 graduados do Campus dos Malês, na Bahia, totalizando 598 novos profissionais, entre brasileiros e internacionais, de diferentes especialidades no mercado de trabalho. Confira dados atualizados na página do Unilab em Números.

Internacionalização da Unilab

Em destaque, como missão institucional da Unilab, na formação de recursos humanos buscando contribuir com a integração entre o Brasil e os demais membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), especialmente os países africanos, já apresenta frutos em consolidação. Os dados da Prograd/Unilab mostram que, entre os estudantes internacionais, 1.038 concluíram com êxito seus estudos. Ainda estando em processo de conhecimento mais 1.154 ativos internacionais. E, para reformar a missão no contexto de promoção do desenvolvimento regional e o intercâmbio cultural, científico e educacional, os estudantes da República de Guine-Bissau são os que mais tem concluídos a graduação na Unilab, vinculados aos campi do Ceará e da Bahia.

Quantitativo de discentes concludente (2020 e 2021) | Fonte: Prograd/Unilab

Categorias
Palavras-chave

CONTEÚDO RELACIONADO