Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Mestrado em Energia e Ambiente lança edital para seleção de discentes 2021.2

16 vagas distribuídas em 4 áreas. Período para inscrições vai de 25 a 31 de outubro.

Data de publicação  06/10/2021, 16:31
Saltar para o conteúdo da postagem

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Energia e Ambiente da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (PGEA/Unilab) publicou, nesta quarta-feira (6), o Edital PGEA nº 02/2021, que rege o processo seletivo para sua quarta turma de mestrado, ingresso no semestre 2021.2. Todo o processo seletivo, bem como suas documentações obrigatórias, podem ser conferidas e acompanhadas na página do certame, no Portal do Mestrado Acadêmico em Engenharia e Ambiente.

São ofertadas 18 vagas remanescentes de processo seletivo anterior, distribuídas entre as subáreas “Processos Químicos”, “Sinais e Sistemas”, “Processamento Eletrônico de Energia” e “Recursos Hídricos”. As inscrições ocorrem entre 25 e 31 de outubro, aqui.

O candidato precisar anexar a documentação descrita no item 3 do edital:

– Ficha de solicitação de inscrição preenchida e assinada pelo candidato (Anexo I);
– Declaração de anuência do empregador para liberação de pelo menos 20 horas semanais durante os 24 meses de atividades acadêmicas no Mestrado em Energia e Ambiente, caso o candidato tenha vínculo empregatício (anexo II);
– Planilha de pontuação de análise curricular (anexo III) preenchida digitalmente pelo(a) candidato(a);
– Juntada de documentos relacionados na seção 6 do edital (“documentação para inscrição”).

Todas as datas do processo seletivo, bem como prazos para recurso e resultados, podem ser encontradas no item 8 do edital (“calendário”).

Pós-graduação em Energia e Ambiente

O Mestrado em Energia e Ambiente pertence ao Instituto de Engenharias e Desenvolvimento Sustentável (IEDS/Unilab). Tem por objetivo a qualificação de futuros profissionais e pesquisadores com competências e habilidades relativas à informação, compreensão, aplicação, análise e avaliação aplicada ao setor energético, aptos para sistematizar, inovar, propor políticas e otimizar os sistemas de transformação e uso final de energia no âmbito do desenvolvimento sustentável. Possui como Área de Concentração Energia e Ambiente e as seguintes linhas de pesquisa: Processos Sustentáveis, Inovação e Difusão Tecnológica e Sistemas Energéticos, Desenvolvimento Rural e Recursos Hídricos.

O Programa foi criado em 29 de março de 2019, com a aprovação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), durante sua 184ª reunião.

Categorias