Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Nesta terça-feira (16), acontece a Conferência sobre educação e relações étnico-raciais, além de lançamento de livro, eventos que marcam aula inaugural do curso de licenciatura em Pedagogia

Data de publicação  11/11/2021, 14:12
Postagem Atualizada há 2 semanas
Saltar para o conteúdo da postagem

A conferência intitulada “Educação e relações étnico-raciais: o pensamento negro e novas epistemologias para a escola”, no dia 16 de novembro, às 19h, marca, na abertura do semestre letivo, a aula inaugural do curso de Licenciatura em Pedagogia da Unilab (CE).

A conferência terá transmissão via Google Meet e será ministrada pelo professor Ivan Costa Lima, que também estará lançando livro na ocasião. Costa Lima irá lançar a obra “História da Educação do(a) Negro(a) no Brasil II: Pedagogia Multirracial, o Pensamento de Maria José Lopes da Silva (RJ)”.

Livro

O livro História da Educação do(a) negro(a) no Brasil II: pedagogia multirracial, o pensamento de Maria José Lopes da Silva (RJ) aborda diferentes relatos. O primeiro, a constituição do movimento negro carioca e os desafios da luta racial a partir de 1980. O segundo, o pensamento educacional produzido pela professora e ativista Maria José Lopes da Silva, que, dentro dos sistemas de ensino, elabora e experimenta a pedagogia multirracial como instrumento de combate ao racismo. Assim, o(a) leitor(a) vai encontrar informações que deveriam estar presentes na formação de educadores(as) por todo o país, mas que estão ausentes de áreas como a história da educação, já que a obra vai descortinando caminhos e desafios enfrentados pela população negra para a valorização de sua história e identidade como patrimônio de todos(as) os(as) brasileiros(as).

Assim, os conhecimentos, para além dos estudiosos da educação, destinam-se a todos(as) aqueles(as) interessados(as) pela trajetória organizativa de instituições e que fazem da luta antirracista um exercício permanente dentro da sociedade brasileira. O conteúdo encontrado no livro destaca-se por evidenciar que os movimentos sociais, para além de processos reivindicatórios, são produtores de políticas.

 

 

Categorias
Palavras-chave

CONTEÚDO RELACIONADO