Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Projeto de extensão ReaPodere realiza seminário “Práticas de Extensão e troca de saberes”, dia 21/02, às17h

Data de publicação  14/02/2022, 14:32
Postagem Atualizada há 9 meses
Saltar para o conteúdo da postagem

O Seminário de “Práticas de Extensão e troca de saberes” acontece no dia 21 de fevereiro, às 17h, com transmissão on-line, no formato de roda de conversa virtual. O evento visa promover diálogos sobre as práticas de extensão universitária com crianças, em territórios em situação de pobreza, realizadas na Rede de Estudos e Afrontamentos das Pobrezas, Discriminações e Resistências (ReaPodere), que é um grupo de pesquisa , ensino e extensão. Os interessados devem realizar inscrição por meio de preenchimento e envio de formulário eletrônico, que encontra-se neste link. O evento terá certificação.

Entre os convidados do Seminário, Gabriel Ferreira aborda o tema “A educação social e a ReaPodere na comunidade estrada Velha, Acarape-CE: uma análise crítica”. Já Raquel Oliveira traz a temática “Circulação infantil-juvenil: observando as dinâmicas internas na comunidade da Estrada Velha, Acarape/CE”. E Layra Nobre levanta abordagem sobre “Infâncias negras e ação da PM: observando as relações de poder e medo da comunidade da Estrada Velha/Acarape-CE”.

A mediação do Seminário será feita pelo professor James Moura Jr (Instituto de Humanidades-Unilab) e Nathalia Medeiros (Mestranda em Psicologia da Universidade Federal do Ceará).

Convidadas/os/es – ex-bolsistas de extensão:

  • Raquel de Oliveira: Mestrande em Antropologia Social – UFRN. Colaboradora do projeto de pesquisa: Gênero, Sexualidade e Família em Territórios Populares/Periféricos: entre precariedades e estratégias de vida (2021), bacharele em Antropologia (2021) e bacharele Interdisciplinar em Humanidades (2018), ambas pela Unilab/CE.Apresentação: Circulação Infanto-juvenil: observando as dinâmicas internas na comunidade da Estrada Velha, Acarape/Ce
  • Layra Nobre: Bacharela em Antropologia (2021) e bacharela Interdisciplinar em Humanidades (2018), pela Unilab. Integrante da Rede de Estudos e Afrontamentos das Pobrezas, Discriminações e Resistências – ReaPodere.

Apresentação: Infâncias negras e a ação da PM: observando as relações de poder e medo na comunidade da Estrada Velha/Acarape-CE

  • Gabriel Silveira Ferreira: Bacharel em Humanidades em pela Unilab em 2018, licenciado em Pedagogia pela Unilab (2020) e especialista em Alfabetização e Letramento pela Faculdade Maciço de Baturité (2021). Na universidade teve sua trajetória marcada pela passagem na ReaPodere – Rede de Estudos e Afrontamentos a Pobreza Discriminações e Resistências –, atuando na frente das crianças com atividades socioeducativas do ano de 2016 a 2018. Foi da primeira turma de bolsista do Pibid – Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência – no curso de Pedagogia, nas escolas de Acarape e Guaiúba, ambas na educação infantil. Foi membro do centro acadêmico nos anos de 2018 – 2019 e representante estudantil no colegiado de Pedagogia nos anos de 2019 – 2020. Atuou como professor bolsista no programa +1, no município de Redenção, nos anos inicias entre 2019 e 2020, e atualmente é professor alfabetizador da rede de ensino do município de Acarape, desde 2020.Apresentação: A educação social e a ReaPodere na comunidade estrada Velha, Acarape-CE: uma análise crítica

Projeto Reapodere

O projeto intitulado “Infâncias reapoderadas: oficinas socioeducativas com crianças em situação de pobreza da comunidade da Estrada Velha/Acarape” faz parte da ReaPodere, tendo a comunidade da Estrada Velha, em Acarape/CE, como campo de atuação desde 2017. Em virtude do contexto de pobreza e violência, as crianças são reconhecidas pelos adultos da comunidade como público prioritário para o desenvolvimento de ações de extensão.

Neste projeto, por compreender que a universidade pública tem o compromisso de atuar no combate às iniquidades presentes no território onde está localizada, propõe-se atuar junto e em parceria com a comunidade. Para contribuir com a formação acadêmica de futuros/as extensionistas, também foi proposta a ideia de realizar os seminários de práticas e troca de saberes em extensão universitária,  relacionadas à territórios em situação de pobreza.

Esses eventos de seminários têm como objetivos específicos apresentar à comunidade acadêmica as práticas de extensão universitária da ReaPodere e, ainda, trocar experiências e saberes entre extensionistas da ReaPodere.

Categoria
Palavras-chave

CONTEÚDO RELACIONADO