Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Unilab recebe visita do Conselho Regional de Serviço Social (Cress-CE)

Data de publicação  28/07/2022, 11:45
Postagem Atualizada há 2 semanas
Saltar para o conteúdo da postagem

A equipe da Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Estudantis da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Propae/Unilab) recebeu a visita das agentes fiscais do Conselho Regional de Serviço Social 3° Região  (Cress-CE), responsáveis pela orientação e fiscalização das atividades, ações desenvolvidas e pelos serviços prestados à comunidade acadêmica.

A visita

A reunião teve início com o acolhimento às conselheiras da gestão Cress-CE “Ver cores nas cinzas e a vida reinventar”: Liana Brito e Maria Auxiliadora, pela pedagoga e pró-Reitora da Propae, Maria Rita Oliveira e pelas assistentes sociais: Yanne Machado – gerente do Núcleo de Atendimento Social ao Estudante (Nae), vinculado à Coordenação de Políticas Estudantis (Coest/Propae), Maria do Socorro Maciel e Maria Maiara Rodrigues.

Atualmente a equipe de serviço social da Unilab é composta por 06 profissionais (Aline Crispim, Bruno Lopes, Thacyana Karla, Socorro Maciel, Maiara de Araújo e Yanne Machado) que compõem o NAE, que está localizado na sala da Coest, ao lado do auditório do campus da Liberdade (Redenção/CE), junto ao gabinete da Propae, Divisão de Alimentação e Nutrição (Dan) e Divisão de Atenção à Saúde do Estudante (Diase).

Representantes da Propae/Unilab e do Cress/CE

Quanto às atividades ocupacionais na Unilab, desde o princípio a equipe do NAE/Coest tinha o desejo de aproximar o diálogo com o Cress. As conversas foram iniciadas este ano (2022), por reuniões virtuais, devido ao período da pandemia da Covid-19. Agora em julho, foi possível o encontro presencial, objetivando apresentar as condições de trabalho e éticas, as dificuldades e o potencial da equipe de serviço social da Unilab.

Após as primeiras reuniões, as fiscais do Cress – comissão fiscalizadora, sentiram a necessidade de ter a visita in loco para conhecer as instalações, os trabalhos realizados e os instrumentos utilizados pelo serviço social, a documentação utilizada pela instituição, como também, dar orientações e suportes aos profissionais visando a melhoria e aperfeiçoamento das atividades. Para Yanne, o desafio é “tentar desfazer os ‘gargalos’ para desenvolver e melhorar o serviço social na Unilab, beneficiando diretamente os estudantes com essa ação”.

Equipe do Núcleo de Atendimento Social ao Estudante (Nae/Coest/Propae), Yanne Machado, Socorro Maciel e Maiara Rodrigues

Após visitar aos espaços, as fiscais conversaram com a pedagoga e pró-Reitora da Propae, Maria Rita Oliveira, que apresentou as ações planejadas e em execução da Propae no atendimento aos estudantes nacionais e aos internacionais dos países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP). Conforme dados do portal Unilab em Números, temos um total de 4.384 estudantes ativos nos cursos de graduação (formato presencial e a distância).

Conselheiras do Cress-CE, Liana Brito e Maria Auxiliadora

Prestação de serviços

Entre outros serviços, a Coest trabalha com o Programa de Assistência ao Estudante (PAES), que visa qualificar a permanência dos estudantes vulneráveis socioeconomicamente.

No momento, a Unilab não dispõe do Sistema de Assistência Estudantil (SAE) específico e totalmente aperfeiçoado, dessa forma, o trabalho da seleção social e econômica tem sido executado ainda de forma manual e pelo sistema, de forma paralela. “Acarretando mais dificuldades no nosso trabalho. Diante dos vários comandos desgastantes à executar podendo gerar adoecimentos laborais na equipe”, relatou a assistente social.

Quanto à produtividade laboral, os assistentes sociais da Unilab baseiam-se na Resolução e Código de Ética específicos da profissão, além das normativas e regulamentações sobre a assistência estudantil a nível nacional. Mesmo assim, Yanne Machado explica a necessidade da parceria com o Cress, para dar um suporte nas ações, além de reforçar na implantação, funcionalidade e atualização de todo o Sistema de Assistência Estudantil, buscando a melhoria de todos os envolvidos.

Como destaque, a equipe social foi ampliada através da chegada da assistente social Maiara de Araújo, permitindo que as ações e trabalhos desenvolvidos pelo NAE sejam ampliadas no âmbito da universidade, principalmente relacionadas ao atendimento das necessidades estudantis.

Outro desejo da equipe do Nae é esclarecer o papel do “Serviço Social” na Unilab: o que ele é; o que ele faz (ações atividades), qual a diferença entre serviço social, assistente social, assistência social e assistencialismo.

Ressalta-se que, assistentes sociais são profissionais que cursaram uma faculdade de Serviço Social (reconhecida pelo Ministério da Educação) e possuem registro no Conselho Regional de Serviço Social (CRESS) do estado em que atuam. A profissão é regida pela Lei Federal 8.662/1993, que estabelece suas competências e atribuições.

Para saber mais acesse o Folheto Informativo.

Sob a coordenação de Carlos Tavares, as ações da Coordenação de Políticas Estudantis (Coest/Propae) estão sendo executadas de forma híbrida. E, visando os novos desafios que virão para o serviço social, os servidores estão participando do curso de capacitação para implantação do sistema de teletrabalho, que faz parte do Programa de Gestão e Desempenho, desenvolvido pela Superintendência de Gestão de Pessoal (SGP).

Conforme o planejamento das ações da Coest, a gerente do Nae informou que são realizadas reuniões de monitoramento, atividades quanto aos atendimentos presenciais aos estudantes e o planejamento interno durante a semana. O trabalho é guiado pelo Plano de Atuação do Serviço Social na Unilab, lançado recentemente pela equipe. 

Plano de Atuação do Serviço Social, disponível no Portal da Unilab

Etapas da análise

Para Liana Brito, assistente social, professora aposentada da Universidade Estadual do Ceará (Uece) e atualmente conselheira do Cress-CE, gestão “Ver cores nas cinzas e a vida reinventar”, saber que o serviço social da Unilab está realizando um trabalho de qualidade junto aos estudantes dentro da política de assistência estudantil. Foi a “reafirmação do que conhecemos através do diálogo com as assistentes sociais”. Causou-lhe uma sensação e impressão muito positiva da responsabilidade e do compromisso desses profissionais com a instituição. Como também, quanto importância ao Cress, alegrou-se em saber que a Unilab abriu o curso de bacharelado em Serviço Social, além do ganho maior na oferta do curso de bacharel em Medicina, para melhor atender às comunidades do Maciço de Baturité e dos países da Palop. A “Unilab cumpre uma função social importantíssima. Parabenizo a universidade, desejo que possa se manter para além desses 12 anos”, afirmou Liana Brito.

Em sequência, será produzido e discutido com equipe do Cress – conselheiros e agentes de orientação e fiscalização – um relatório de avaliação e enviado posteriormente a devolutiva para Unilab. A atividade de fiscalização realizada pelo Conselho Regional, segundo Liana, vai para além. “Temos uma preocupação de orientação pedagógica, de trocar informações e dialogar sobre as dificuldades inerentes aos profissionais de serviço social também de outras áreas”.

Conselheira do Cress-CE e assistente social, Liana Brito

Outras informações, no NAE/Coest/Propae: (85) 3332.6259 ou pelo e-mail: (nae@unilab.edu.br).

Categorias