Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Palestra debate mídia, linguagem, direitos e gênero com recorte de pesquisa em meios de comunicação moçambicanos

Data de publicação  14/04/2021, 19:13
Postagem Atualizada há 5 meses
Saltar para o conteúdo da postagem

“O papel da língua na divulgação dos direitos e o papel da mídia na divulgação da participação da mulher na política” é tema de uma palestra virtual ministrada nesta segunda (19) pelo professor Antônio Timbane, docente da Unilab vinculado ao Instituto de Humanidades e Letras do Campus dos Malês (IHL/Malês). O evento está agendado para ocorrer às 14h, em sala programada na Plataforma Google Meet. Os participantes terão direito a certificado com 4 horas de duração. 

Timbane tem experiência no ensino e na pesquisa em Sociolinguística e Dialetologia com enfoque na variação e mudança lexical do Português (Estudos do Léxico) e ensino, Contatos linguísticos e Línguas Bantu moçambicanas. 

Conteúdo 

A palestra é parte das atividades da pesquisa “A função social dos meios de comunicação de massa: análise do conteúdo da programação em línguas nacionais do emissor da Televisão de Moçambique (TVM) – Delegação do Niassa”, projeto contemplado pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC/Unilab).  O ponto de partida é a análise do conteúdo da programação em línguas nacionais da emissora, levando-se em consideração que a maioria dos moçambicanos não domina a língua portuguesa para que a possam usar numa participação ativa no processo democrático. 

Para a pesquisa, foi realizada a análise de edições dos anos de 2017 e 2018 do Jornal @Verdade no que tange à abordagem da figura feminina, bem como a prevalência da língua portuguesa em detrimento às línguas autóctones nos veículos de comunicação oficiais.

Organização

O evento tem apoio do Mestrado Interdisciplinar em Humanidades (MIH/Unilab/Brasil) e da Associação dos Estudantes Moçambicanos na Unilab (AEMOZ-Unilab/Brasil). A comissão organizadora conta com a coordenação do docente Carlos Subuhana, Jorge Fernando Lodna (discente bolsista), Leodovico Castelo Amosse (voluntário), Sura Subuhana e Cássimo Rafael Amado (colaboradores externos de Moçambique). 

Categorias
Palavras-chave

CONTEÚDO RELACIONADO