Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Inicia em junho a implantação do controle eletrônico de frequência na Unilab

Data de publicação  22/06/2021, 12:06
Postagem Atualizada há 4 meses
Saltar para o conteúdo da postagem

O processo implantação do controle eletrônico de frequência na Unilab tem início neste mês de junho. O prazo de utilização do sistema deverá ocorrer até dezembro de 2021, conforme prevê o cronograma de implantação estabelecido pela Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal, da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, do Ministério da Economia.

Para auxiliar no entendimento dessa implantação do controle eletrônico de frequência, a Superintendência de Gestão de Pessoas (SGP) e a Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI) convidam a comunidade acadêmica para assistirem à live no dia 29 de junho, às 10h. O link desse evento será divulgado em breve. Os questionamentos e dúvidas podem ser enviados até o dia 27 de junho, pelo e-mail: frequencia@unilab.edu.br.

Confira o cronograma de implantação do controle eletrônico de frequência:

EtapaAtividadePeríodo de execução
Elaboração e encaminhamento da resolução sobre a jornada de trabalho dos TAE´s ao Conselho competente.Junho
2 ªPreparação do ambiente de controle eletrônico de frequências.Julho a outubro
3 ªTreinamento aos servidores e chefias.Novembro
4 ªRealização de testes – unidades com quadro funcional igual ou superior a 15 (quinze) técnicos-administrativos.Dezembro
5 ªAplicação geral.90 (noventa) dias após a realização dos testes.

No vídeo abaixo, o superintendente de Gestão de Pessoas, Adriano Nascimento, explica sobre o processo de implementação do controle eletrônico de frequência:

Controle eletrônico de frequência

Por meio da Instrução Normativa nº 2, de 12 de setembro de 2018, o controle eletrônico de frequência tornou-se obrigatório e, em dezembro de 2020, a Instrução Normativa SGP/SEDGG/ME nº 125, de 3 de dezembro de 2020 determinou o cronograma, os procedimentos e os requisitos a serem observados pelos órgãos e entidades na substituição da folha de ponto, com registro manual, pelo controle eletrônico de frequência. Com o advento dessa Instrução Normativa de 2020, e a partir dos eventos realizados pela Superintendência de Gestão de Pessoas com os servidores da Unilab, ao longo de mais de dois anos, foi elaborado um plano de trabalho que pudesse contemplar as demandas dos servidores e a aplicação das normas pertinentes.

Histórico

O superintendente de Gestão de Pessoas, Adriano Nascimento, lembra que em agosto de 2018, foi realizada uma roda de conversa sobre jornada de trabalho e folha de ponto, tendo com público alvo as chefias. Também foi estabelecido diálogo sobre eventuais situações que causam dúvidas na rotina de trabalho.  Em setembro de 2018, a SGP reuniu-se com membros da Comissão de Interna de Supervisão da Carreira de Técnico-Administrativos em Educação (CIS), para tratar da nova norma e sua aplicação da Universidade. Em novembro do mesmo ano, foi realizada uma roda de conversa com todos os servidores da Unilab para tratar do tema. Na oportunidade, foram apresentados aspectos da instrução normativa e escutadas as demandas das categorias.

Como resultado desse encontro, foi elaborado o Plano de Desenvolvimento e Valorização do Servidor (PDVS), apresentado no Conselho Universitário, com metas a serem alcançadas e que ainda estão em execução. E, ainda, em 13 de setembro de 2019, no Campus Liberdade, houve uma reunião com membros da SGP, CIS e Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais do Estado do Ceará (Sintufce), com a proposta de discutir sobre o controle eletrônico de frequência e suas repercussões na jornada de trabalho.

Categorias
Palavras-chave

CONTEÚDO RELACIONADO