Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Programa Associado de Pós-Graduação em Antropologia (UFC-Unilab) realiza o evento “Conflitos Socioambientais em Territórios Tradicionais”, dia 25. Participe!

Data de publicação  18/11/2022, 13:59
Postagem Atualizada há 2 semanas
Saltar para o conteúdo da postagem

O Programa Associado de Pós-Graduação em Antropologia (PPGA-UFC/Unilab) está desenvolvendo uma série de atividades durante os meses de novembro e dezembro de 2022, visando a promoção de diálogos sobre as questões relacionadas aos Direitos Humanos, com atividades de modo presencial ou virtual.

Na próxima sexta-feira (25), a partir das 10h30, acontecerá o evento “Conflitos Socioambientais em Territórios Tradicionais”, no auditório do Campus da Liberdade, Av. da Abolição, 3 – Centro, Redenção/CE.

O evento é gratuito e aberto ao público, com promoção do Programa Associado de Pós-Graduação em Antropologia (PPGA-UFC/Unilab) e do Grupo de Estudos e Pesquisas Étnicas da Universidade Federal do Ceará (UFC).

O seminário busca criar um espaço de discussão acadêmica e política sobre os conflitos socioambientais em torno da mineração do urânio e da instalação de eólicas offshore que, ultimamente, têm ganhado escala no estado do Ceará. Será um momento de celebração, confraternização e aprendizado, onde a presença de toda a comunidade acadêmica será importância para expansão do conhecimento sobre a referida temática.

Confira a Programação: 

Conferência de Abertura

10h30- 12h (Auditório do Campus da Liberdade), com participação da professora do Programa de Pós-Graduação em Antropologia e do Mestrado em Culturas Africanas, da Diáspora e dos Povos Indígenas da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Vânia Rocha Souza – mestre em Antropologia e doutorado em Sociologia.

Mesa redonda 1 – “Conflitos socioambientais em torno da questão nuclear no Ceará”, com mediação de Laís Almeida Rodrigues (GEPE – UFC).

14h – 15h30 (Auditório do Campus da Liberdade), com Cristina Quilombola, ativista do Movimento Quilombola do Ceará e coordenadora Nacional da Coordenação Nacional de Articulação de Quilombos (Conaq). Liderança Quilombola na Associação Remanescentes do Quilombo dos Caetanos em Capuan, Caucaia.

Além da participação de Erivan Silva, licenciado em Ciências Sociais e Ciências da Religião (UEVA), Especialista em Educação Ambiental (URCA) e Políticas Públicas (UFMG),além de Mestre em Geografia Humana (UEVA). Atua na Coordenação Nacional do Movimento pela Soberania Popular na Mineração – MAM, que integra a Articulação Antinuclear do Ceará.

Intervalo – 15:30 – 16:00

Mesa redonda 2 – “Conflitos socioambientais em torno da questão eólica no Ceará”, com mediação de Kleyton Rattes (GEPE – UFC)

16h- 17h30 (Auditório do Campus da Liberdade), com João do Cumbe, quilombola, defensor de direitos humanos, militante do Movimento Quilombola do Ceará, Movimento de Pescadores Artesanais, Organização Popular (OPA) e articulador da Teia dos Povos do Ceará e com Rogéria Rodrigues, socioambientalista, defensora de direitos humanos, pedagoga, pós-graduada em agroecologia e desenvolvimento rural sustentável. Coordenadora de ações de campo – Eixo produtividade e ancestralidade do Instituto Terramar.

Categorias
Palavra-chave

CONTEÚDO RELACIONADO