Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Pró-Reitorias da Unilab visitam Polo Químico Industrial de Guaiúba (CE)

Data de publicação  23/08/2021, 14:36
Postagem Atualizada há 3 dias
Saltar para o conteúdo da postagem

Na manhã da última quinta-feira (19), uma comitiva da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) realizou visita institucional ao Polo Químico Industrial de Guaiúba, município a 25km de Redenção. A agenda foi solicitada pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPPG), e faz parte do planejamento estratégico definido pela gestão superior em aproximar a Unilab no Ceará dos municípios do Maciço de Baturité e adjacências.

Representando a Unilab, estiveram presentes o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação (Proppg), prof. Olavo Garantizado, a pró-reitora de Extensão Arte e Cultura (Proex), Fátima Bertini, a pró-reitora de Graduação (Prograd), Geranilde Costa, o coordenador de Pesquisa da PROPPG, Allberson Bruno e o coordenador de Pós-Graduação da PROPPG, Carlos Muniz. Estiveram presentes, também, a Prefeita de Guaiúba, Izabella Fernandes (juntamente com secretários municipais),  o vice-presidente do Sindícato dos Químicos do Ceará (SindQuímica-CE), Beto Chaves, além de empresários da região.

Para Olavo Garantizado, a aproximação com o Polo Químico de Guaiúba possibilitará a formação do ecossistema de inovação tecnológica da Unilab, geração de bolsas para docentes, discentes e técnicos, e a formação de recursos humanos qualificados.  Segundo ele, a Unilab está criando, por meio do GT de Inovação Tecnológica, as normativas necessárias para que a instituição possa ter uma maior relação com o mercado produtivo, gerando emprego e renda para a região e fazendo com que os estudantes possam ser inseridos no mercado de trabalho. Já a professora Geranilde Costa destacou o potencial que a parceria pode trazer para a universidade no processo de consolidação de estágios para os estudantes. Para a professora Fátima Bertini, a aproximação institucional entre a Unilab e o Polo fortalecerá, também, a extensão universitária.

A Prefeita Izabela Fernandes destacou o potencial do Polo, afirmando o compromisso em estabelecer parcerias com a Unilab e a disposição em fortalecer a relação entre as instituições. Beto Chaves, em nome do SindQuímica, destacou o papel fundamental da Unilab no processo de desenvolvimento das indústrias que já estão implantadas no polo e as que estão em fase de implantação. Ele manifestou a felicidade em poder discutir com a instituição questões como geração de emprego e renda, ações inovadoras, qualificação dos profissionais e aproximação com docentes.

Olavo Garantizado (PROPPG); Izabella Fernandes (Prefeita de Guaiúba) e Geranilde Costa (Prograd)

Para o professor Roque Albuquerque, reitor da Unilab, a visita faz parte de uma ação planejada da gestão superior em estreitar os laços com os municípios vizinhos: “a universidade necessita fazer ações mais precisas para possibilitar que os estudantes da graduação e da pós-graduação sejam absorvidos no mercado de trabalho”. Roque Albuquerque destacou, ainda, a necessidade de protagonismo da instituição nas ações que envolvam pesquisa, ensino e extensão. Já Cláudia Carioca, vice-reitora da Unilab, afirma que as parcerias em torno de bolsas para docentes, discentes e técnicos, assim como estágios, será um marco das ações entre a universidade e o polo.

Plano de trabalho e futuras ações coletivas

A reunião de visita serviu para que os gestores da Unilab e os gestores do Polo e da Prefeitura de Guaiúba pudessem alinhar perspectivas futuras, a fim de que as instituições possam trabalhar de forma conjunta na realização de aproximação entre academia e indústria. A ideia é a realização de um plano de trabalho envolvendo as instituições e que possibilite a potencialização de ações das pró-reitorias acadêmicas, conforme suas expertises.

A gestão superior, por meio da PROPPG, vislumbra uma aproximação com o Polo a fim de desenvolver um projeto de “Corredor” de inovação, aproximando os docentes e discentes (em especial os da pós-graduação), ampliando o ecossistema de inovação da Unilab e integrando iniciativas inovadoras. O diálogo propõe um planejamento estratégico a fim de consolidar a parceria, uma vez que o Polo visa gerar até 2.000 empregos, quando todas as empresas estiverem implantadas. 

Categoria
Palavras-chave

CONTEÚDO RELACIONADO