Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Equipes da Propae promovem ciclos de encontros, acolhimento em saúde e ambientação aos novos estudantes internacionais

Data de publicação  04/10/2022, 10:25
Postagem Atualizada há 1 mês
Saltar para o conteúdo da postagem

Ao longo do mês de setembro de 2022, organizadas no âmbito do Projeto + Saúde Universidade, as equipes das divisões: Divisão de Assistência à Saúde do Estudante (Diase) e a Divisão de Alimentação e Nutrição (Dan), ambas vinculadas à Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Estudantis (Propae/Unilab), realizaram ciclos de encontros com vistas a promover o acolhimento em saúde e a ambientação de tais estudantes no ambiente institucional, como parte do processo de acolhida aos estudantes recém-ingressos internacionais.

Participaram da organização e execução das atividades os(as) seguintes servidores(as): José Cláudio Borges Filho (médico), Valéria Jane Jácome Fernandes (enfermeira), Nila Larisse Silva de Albuquerque (enfermeira), Adauto de Vasconcelos Montenegro (psicólogo), Adriana Rodrigues Rocha (técnica de enfermagem), Francisco Weslay Oliveira Mendonça (psicólogo), Nágela Martins Oliveira Aguiar (nutricionista), Julliane Nunes Castro (nutricionista) e Felipe André França (técnico desportivo).

Apresentação das equipes das divisões (Diase e Dan) da Propae/Unilab

A ação denominada “Roda de Saúde do Viajante” teve como objetivo o repasse de orientações relativas à adaptação climática, alimentar, vacinação e discussão sobre agravos em saúde de importância epidemiológica. No momento em questão, as (os) estudantes ingressantes foram apresentadas(o)s aos setores Diase e Dan, bem como aos diferentes serviços e ações oferecidos pelos mesmos, incluindo informações a respeito dos Restaurantes Universitários. Também foram dadas orientações sobre o funcionamento e fluxos de acesso aos estabelecimentos de saúde vinculados ao Sistema Único de Saúde (SUS), externos à universidade. Participaram, no total, 74 estudantes das Rodas de Saúde do Viajante, realizadas nos dias 01º e 09/09/2022.

“O que tenho sentido desde que cheguei?”, Nágela Aguiar, Nutricionista DAN/Propae

Já os tradicionais “Círculos de Chegadas e Boas-Vindas”, atividade desenvolvida e facilitada pelos psicólogos da equipe, voltou-se às (aos) estudantes internacionais recém-chegados à Unilab, contando também com a participação de tutores do Programa de Acolhimento e Integração de Estudantes Estrangeiros (PAIE/Propae).

Psicólogos da DIASE/Propae, Weslay Mendonça e Adalto Montenegro
Atividade “Círculos de Chegadas e Boas-Vindas” na acolhida dos novos estudantes internacionais

A atividade em questão destinou-se a ser um espaço de acolhida, que objetiva promover o diálogo intercultural, a integração e o fomento ao apoio psicossocial entre os estudantes novatos e veteranos da Unilab, por meio de troca de vivências, primeiras impressões, sonhos compartilhados, choques culturais, saudades, compromissos pessoais e coletivos. Visa facilitar o contato e a troca de experiências de estudantes internacionais recém-ingressos, bem como o encontro com depoimentos de estudantes que, antes, passaram por percursos e percalços relacionados aos processos de imigração para fins estudantis no contexto da Unilab/Ceará. No total, participaram 42 estudantes dos Círculos de Chegadas e Boas-Vindas, realizados nos dias 12 e 30/09/2022.

Para além dos encontros de caráter coletivo, foi ofertado aos estudantes recém-ingressos, o acolhimento por livre demanda pelos profissionais de saúde, destinados aos estudantes que demandaram atenção, orientações e/ou atendimento. Os casos acolhidos, cujas deliberações extrapolam as possibilidades dos atendimentos ofertados pelas referidas unidades da Propae (Diase e Dan), são orientados/encaminhados para atendimento na rede do SUS.

Sobre o projeto

O Projeto + Saúde Universidade teve início em agosto de 2020 e tem como objetivo desenvolver atividades presenciais e virtuais de cuidados com o corpo, mente e emoções, considerando o caráter multifatorial das condições de saúde. Nesse sentido, o projeto em questão se propõe ao desenvolvimento, dentro de uma percepção ampliada de saúde, de ações e atividades que trabalhem de forma integrada aspectos culturais, étnico-raciais e epidemiológicos, servindo de fonte de formação em saúde e fortalecimento do autocuidado.

Categorias
Palavra-chave

CONTEÚDO RELACIONADO