Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Exposição Todas Somos Uma é exibida nos campi da Unilab, no Ceará, a partir de 24/5

Data de publicação  24/05/2023, 12:14
Postagem Atualizada há 10 meses
Saltar para o conteúdo da postagem

A partir de 24 de maio, os campi Liberdade e Auroras e a Unidade de Palmares da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), no Ceará, receberão a exposição “Todas Somos Uma – Histórias de mulheres, lutas feministas”, da Defensoria Pública do Ceará (DPCE). Nela, treze mulheres com forte atuação na luta por direitos humanos dão vida ao trabalho que foi elaborado pela Assessoria de Comunicação da Defensoria e já passou também por quatro shoppings da Rede Ancar, em Fortaleza, e pela Assembleia Legislativa do Ceará.

Com três unidades nos municípios de Redenção e Acarape, a Unilab possui duas professoras de seus quadros na mostra: a primeira travesti doutora do Brasil, Luma Andrade; e a primeira ministra da Igualdade Racial do Brasil, Matilde Ribeiro. Integram ainda a mostra do “Todas Somos Uma”: a primeira mulher eleita prefeita de uma capital no país, Maria Luíza Fontenele; a ex-presidenta do Movimento Feminino pela Anistia, Nildes Alencar; a militante do MST, Damiana Bruno; e a integrante da Pastoral Carcerária no Ceará, irmã Gabriela Pina. E ainda a presidenta do instituto IKP, Katiana Pena, que atua com crianças em situação de vulnerabilidade no Grande Bom Jardim; a pajé de povos indígenas cearenses, Raimunda Tapeba; a presidenta do Instituto Bia Dote, psicóloga Lucinaura Diógenes, que lida com prevenção ao suicídio; a primeira vaqueira do Ceará, Dina Maria; a integrante do Movimento Negro, Antônia Araújo; e as fundadoras do Grupo de Valorização Negra do Cariri, Verônica e Valéria Carvalho.

Professora da Unilab Luma Andrade

“Essas mulheres são figuras cujas histórias se confundem com a construção do Ceará e do Brasil. São mulheres negras, indígenas, travestis, sertanejas, políticas e politizadas. Elas qualificam debates necessários contra diversas formas de opressão e marcam conquistas de direitos. O Todas Somos Uma é um jeito de a Defensoria Pública homenagear essas mulheres e, ao mesmo tempo, visibilizar e reconhecer o quão central é a figura feminina em todos os setores da sociedade”, detalha a defensora geral do Ceará, Elizabeth Chagas.

Professora da Unilab Matilde Ribeiro

A iniciativa é composta de site oficial, agenda institucional, ensaios fotográficos, vídeos, entrevistas exclusivas, textos e exposição itinerante. A página oficial do projeto na Internet concentra parte dos materiais visuais das participantes: https://campanha.defensoria.ce.def.br/todas-somos-uma/

Com quase 2.500 quilômetros percorridos e mais de 17 horas de entrevistas captadas em Fortaleza, Limoeiro do Norte, Caucaia, Canindé, Redenção e Crato, o especial foi integralmente produzido pela Assessoria de Comunicação da DPCE, coordenada pela jornalista Bianca Felippsen. Os textos são do jornalista Bruno de Castro, finalista do Prêmio Jabuti de Literatura em 2020, e o projeto gráfico e as ilustrações são do designer Diogo Braga, que teve como inspiração as fases antropofágica e cubista da pintora Tarsila do Amaral, cuja morte completa 50 anos em 2023.

“A Defensoria tem a maior quantidade de mulheres do sistema de justiça do Ceará e atende a um público em maioria feminino também. Esse projeto é uma forma de as mulheres que todo dia estão nos balcões da instituição se enxergarem como agentes de mudança social. As 13 homenageadas no projeto são prova do quão transformadora é a figura feminina. Elas inspiram e fazem a gente acreditar não só num futuro bom mas num presente possível”, frisa a jornalista Bianca Felippsen.

Serviço

Lançamento do projeto “Todas somos uma” na Unilab
Quando: de 24 a 31 de maio no Campus da Liberdade, seguindo depois para Auroras e Palmares.
Onde: Unilab Campus da Liberdade (sede administrativa)
Avenida da Abolição, 3 – Centro
Redenção – Ceará – Brasil

Campus das Auroras
Quando: 31 de maio de 2023 a 07 de junho de 2023
Rua José Franco de Oliveira, s/n Redenção – Ceará – Brasil

Unidade Acadêmica dos Palmares
Quando: 07 de junho de 2023 a 14 de junho de 2023
Rodovia CE 060 – Km51 Acarape – Ceará – Brasil

Categorias
Palavras-chave

CONTEÚDO RELACIONADO