PERGUNTAS FREQUENTES

COASE – Ceará

1 – Quais os serviços de saúde disponíveis aos estudantes na Unilab/Ceará?

  • Dispomos de acolhimento em saúde por profissionais de medicina*, enfermagem, odontologia**, psicologia e nutrição. Esses profissionais fazem parte da Coordenação de Atenção à Saúde Estudantil (Coase).

*Os atendimentos clínicos são realizados por médico generalista, visto que a Unilab não dispõe de médico especialista. Nesses casos, o estudante será encaminhado à rede de saúde do Município.

** A Unilab não dispõe de consultório odontológico. Portanto, o atendimento consiste na oferta de orientações, com encaminhamento do estudante à rede de saúde do Município, quando necessário.

2 – Como posso solicitar atendimento de saúde na Coase?

  • Os atendimentos podem ser solicitados através do  link
  • Excepcionalmente, enquanto perdurar o estado de calamidade pública em decorrência da pandemia pela Covid-19 e as atividades remotas, as solicitações podem ser feitas pelo  WhatsApp 3332 62 62. Acesse o link

3 – Qual o horário de funcionamento da Coase?

  • Os serviços da Coase estão disponíveis de segunda a sexta, das 08 às 12 e das 13 às 17 horas.
  • No período de pandemia e enquanto perdurar a orientação institucional para o trabalho e semestre remoto, os atendimentos acontecerão no formato  virtual (teleorientação), via plataforma do Google Meet. Permanece o caráter eletivo do serviço, com o agendamento por ordem de solicitação, respeitando-se o horário comercial de funcionamento do setor.

4 – O que é necessário para receber atendimento de saúde na Coase?

  • Ser estudante da Unilab com vínculo ativo (matriculado), da graduação (presencial ou à distância) e pós-graduação. O serviço está disponível para estudantes nacionais e internacionais residentes no Estado Ceará.
  • ATENÇÃO: Se seu caso for de URGÊNCIA ou EMERGÊNCIA recomendamos procurar as unidades de pronto-atendimento.
  • Os serviços de pronto atendimento podem ser consultados no link

5 – O atendimento de saúde na Coase é pago?

  • Os atendimentos de saúde prestados pela universidade são gratuitos para todos os estudantes da Unilab, tendo brasileiros e internacionais os mesmos direitos de acesso, desde que residentes nas cidades onde possuímos campi.

6 – A Coase realiza exames laboratoriais ou de imagem?

  • A Coase não realiza exames de nenhuma natureza. Quando necessário, o estudante é encaminhado a rede do município. Caso opte pela rede privada, o estudante é responsável pelos custos do exame.

7 – A Unilab dispõe de ajuda financeira específica para tratamento de saúde dos estudantes?

  • Não. A Unilab não dispõe de ajuda financeira específica para tratamento de saúde dos estudantes.

*Dentre os auxílios existentes na universidade, tem-se a modalidade de auxílio emergencial que se destina a estudantes em situação de vulnerabilidade, o que inclui adoecimento. Mais informações.

8 – O estudante da Unilab tem prioridade na rede de saúde do Município?

  • Não. O estudante da Unilab não tem prioridade no agendamento do Município, seguindo a fila do SUS (Sistema Único de Saúde) como os demais habitantes da região.

*A Coase não interfere no agendamento de consultas no Município. Para mais informações acesse

9 – A Coase distribui medicação?

  • A Coase não dispõe de medicação. Caso, após o atendimento pelo profissional de saúde seja indicado o uso de algum medicamento, o estudante pode procurar a farmácia da Secretaria de Saúde do Município, Acarape ou Redenção (algumas medicações estão disponíveis na rede pública de saúde) ou nas farmácias da rede privada (aquisição particular pelo estudante).

*Os custos de medicação adquiridos na rede privada de farmácia são de responsabilidade do estudante.

10 – A Coase encaminha o estudante para serviços de referência para complementar tratamento de saúde?

  • Sim. Quando o discente necessita de consulta com médico especialista, o médico da Coase faz o encaminhamento por meio de ficha de referência para a rede de saúde do Município.
  • A Secretária de Saúde do Município é que faz o agendamento do discente para a consulta do especialista. Esse agendamento é feito obedecendo uma lista de solicitação.

*Lembramos que a Coase/Unilab não interfere nesse agendamento. É de responsabilidade e organização do Município.


SEPE – Bahia

Os serviços de saúde aos(às) estudante estão vinculados à Seção de Políticas Estudantis -SEPE

1- Quais os atendimentos disponíveis na SEPE?

  • Dispomos de atendimento de enfermagem, médico e psicológico
  • Os atendimentos médicos são realizados por uma médica generalista. A Unilab não dispõe de médico especialista, sendo nesse caso encaminhado à rede de saúde do Município.

2- Como posso solicitar atendimento médico e de enfermagem

  • Durante o período da pandemia, as atividades remotas realizadas pelo serviço de saúde se dão, principalmente, através do e-mail: saudemales@unilab.edu.br
  • Atendimento Psicológico:

Agendamento para atendimento através do e-mail: satepsi.ba@unilab.edu.br              

Local de atendimento durante o período da pandemia: Virtual (salas do google meet, preferencialmente.

3- O que é necessário para receber atendimento de saúde na SEPE

  • Ser estudante da Unilab com vínculo ativo (matriculado), da graduação (presencial ou à distância) e pós-graduação. O serviço está disponível para estudantes nacionais e internacionais residentes no Brasil.
  • ATENÇÃO: Se seu caso for de URGÊNCIA ou EMERGÊNCIA recomendamos procurar as unidades de pronto-atendimento.
  • Os serviços de pronto atendimento podem ser consultados no link

4- O atendimento de saúde na Unilab é pago?

  • Os atendimentos de saúde prestados pela universidade, são gratuitos para todos os estudantes da Unilab, tendo brasileiros e internacionais os mesmos direitos de acesso.

5- A Unilab realiza exames?

  • A Unilab não realiza exames de nenhuma natureza. Quando necessário, o estudante é encaminhado a rede do município. Caso opte pela rede privada, o estudante é responsável pelos custos do exame.

6- A Unilab dispõe de ajuda financeira específica para tratamento de saúde dos estudantes?

  • Não. A Unilab não dispõe de ajuda financeira específica para tratamento de saúde dos estudantes.

*Dentre os auxílios existentes na universidade, tem-se a modalidade de auxílio emergencial que se destina a estudantes em situação de vulnerabilidade, o que inclui adoecimento. Mais informações

7 – O estudante da Unilab tem prioridade na rede de saúde do Município?

  • Não. O estudante da Unilab não tem prioridade no agendamento do Município.

8- A SEPE distribui medicação?

  • A SEPE não dispõe de medicação. Caso, após o atendimento pelo profissional de saúde seja indicado o uso de algum medicamento, o estudante pode procurar a farmácia da Secretaria de Saúde do Município de São Francisco Do Conde (quando a medicação está disponível na rede pública de saúde), ou nas farmácias da rede privada.
  • *Os custos de medicação adquiridos na rede privada de farmácia são de responsabilidade do estudante.

9- A SEPE encaminha o estudante para serviços de referência para complementar tratamento de saúde?

  • Sim. Quando o discente necessita de consulta com médico especialista, a médica da SEPE faz o encaminhamento por meio de ficha de referência para a rede de saúde do Município.
  •  A Secretária de Saúde do Município é que faz o agendamento do discente para a consulta. Esse agendamento é feito obedecendo uma lista de solicitação.

*Lembramos que a SEPE/Unilab não interfere nesse agendamento. É de responsabilidade e organização do Município.

Perguntas mais frequentes sobre Regime Especial

1 – O que é Matrícula em Regime Especial?

  • Modalidade de regime acadêmico que permite ao discente em situação específica, acompanhar as atividades acadêmicas de forma remota.

2 – Em que situação o discente pode requerer o Regime Especial?

  • Está acometido por enfermidade física ou mental, de caráter temporário, incompatível com a frequência às atividades acadêmicas presenciais;
  • Ser aluna gestante, anterior a 36ª semana, com necessidade comprovada de antecipação do afastamento, devido a condições adversas de saúde;
  • Ser aluna gestante, a partir da 36ª semana de gestação ou puérpera (após o nascimento)

3- Quais os procedimentos para se requerer o Regime Especial? (durante o período da pandemia)

  • O discente preenche o formulário de regime especial e dá entrada no Setor de Protocolo
  • Os documentos devem ser digitalizados e enviados pela(o) discente para o e-mail: adelmariaione@unilab.edu.br
  • A servidora irá abrir o processo, que irá tramitar via SEI nos setores responsáveis pela avaliação do pedido.
  • Formulário: http://unilab.edu.br/regime-especial/
  • A solicitação de matrícula em Regime Especial deve ocorrer no prazo de até 05 (cinco) dias úteis, contados a partir da data de emissão do atestado/relatório médico ou odontológico.
  • Após avaliação e parecer médico, o processo é encaminhado à coordenação do curso para o parecer final.

No caso do Regime Especial de gestante (a partir de 36 semanas) e puérperas, o processo pode, após aberto pelo setor de protocolo e encaminhado a SEPE, ocorrer de forma administrativa, sem se fazer necessária a presença da discente para o parecer médico. Importante ressaltar que o parecer final do processo é dado pelo coordenador do curso.

4 – Quais os documentos necessários (obrigatórios) para abrir o processo de Regime Especial?

  • Cópia do documento de identidade ou passaporte do estudante
  • Gestante no oitavo mês: Formulário devidamente preenchido com letra legível; Cópia do cartão pré-natal contendo a identificação da gestante e idade gestacional; ou registro de acompanhamento médico contendo a idade gestacional.;
  • Puérpera: Formulário devidamente preenchido com letra legível e certidão de nascimento ou Declaração de nascido vivo;
  •  No caso de doença: Formulário devidamente preenchido com letra legível; atestado médico ou odontológico; relatório médico ou odontológico, que comprove a condição de saúde.

O atestado médico ou relatório deve ser fornecido por médico assistente ou odontólogo, contabilizar 15(quinze)dias ou mais de afastamento e conter CID (código internacional de doença). Poderá haver indeferimento de processos que apresentarem incompletude ou inconsistência documental.

5- Qual o período em dias de atestado é necessário para se requerer matrícula em regime especial?

  • Atestado médico com duração igual ou superior a 15(quinze) dias;
  • Para gestantes por até 90(noventa) dias consecutivo
  • Importante ressaltar que a concessão de matrícula em regime especial não poderá exceder o período de 90(noventa)dias consecutivos.

6- Matrícula em regime especial pode ser prorrogada?

  • A prorrogação da matrícula em regime especial está condicionada a reavaliação da condição de saúde e a continuidade do processo pedagógico sem prejuízo do aprendizado.
  • Para solicitar pedido de prorrogação o estudante deve seguir o mesmo tramite descrito no item 3.
Ocultar área secundária
Ícone de seta para alternar a visualização da sidebar