Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
Universidade Brasileira alinhada à integração com os países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Coletivo das Associações dos Estudantes Africanos da Unilab realiza ato de solidariedade à Moïse Kabagambe no dia 05/02, às 15h, em frente ao campus da Liberdade (CE)

Data de publicação  04/02/2022, 16:01
Postagem Atualizada há 5 meses
Saltar para o conteúdo da postagem

O coletivo das Associações dos Estudantes Africanos da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) realiza neste sábado (05/02), às 15h, em frente ao campus da Liberdade, onde fica o monumento “Negra Nua”, em Redenção (CE), um ato de solidariedade a Moïse Kabagambe, cidadão congolês que faleceu no Rio de Janeiro, vítima de espancamento no último dia 24 de janeiro. Além de estudantes, o ato terá a presença também de integrantes de movimentos sociais.

“O objetivo do ato é pedir justiça, porque nós queremos que seja feita justiça. E também mostrar que nós somos contra homicídio por questões raciais – um ato que consideramos xenofóbico e racista. Então, será para mostrar nossa indignação, visto que nós estamos inseridos numa sociedade e um de nós pode ser vítima desse tipo de ato ‘amanhã’. Será, portanto, pra mostrar nosso repúdio e pedir que a justiça seja feita”, explica Jorge Fernando Lodna, estudante de Administração Pública da Unilab e integrante do coletivo das Associações de Estudantes Africanos da universidade, que organiza o ato.

“Será também um momento de celebração de comunhão e de organização negra africana para homenagear Moïse Kabagambe, que foi um imigrante congolês brutalmente assassinado no Rio de Janeiro. E o nosso coro junta-se ao coro nacional”, aponta o docente moçambicano do Instituto de Humanidades Segone Ndangalila Cossa, atual gerente da Divisão de Projetos Internacionais da Pró-Reitoria de Relações Institucionais e Internacionais (Prointer), da Unilab.

Categorias
Palavras-chave

CONTEÚDO RELACIONADO